quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Encontros

Era por volta das 2:30 da manhã. Eu já estava deitada, mas sem sono. Corpo cansado, alma agitada querendo chorar. Fiquei pensando Nele, como se cada sentimento mais profundo do meu ser estivesse totalmente exposto em Sua presença. Eu sabia que Ele viria… Eu esperava por isso… Mesmo que fosse enquanto eu estivesse dormindo, mesmo que eu não experimentasse nada muito sobrenatural. Eu apenas sabia que Ele estaria ali. Foi então que minutos depois, enquanto estava mergulhada em meus pensamentos, comecei a ouvir um canto de passarinho pela janela que, mesmo fechada, não era um empecilho para a linda e alta canção. Num primeiro momento não reparei bem, mas ao olhar para o relógio, espantei-me que existia lá fora um passarinho cantando em plena madrugada. Seu espetáculo começou às 3:00 em ponto. Era óbvio que não se tratava de uma coisa comum da natureza. O Criador estava por trás. Ele estava movendo algo, e parei para dar atenção. Então ouvi a Sua voz, como se estivesse sentado na beira da minha cama, falando comigo face a face, enquanto o passarinho fazia sua trilha sonora: “Filha, isso é pra você!”... Comecei a chorar copiosamente, como se uma represa reprimida estourasse. Foi aquele tipo de choro que lava por dentro, sem explicação. E Ele continuou: “Eu te vejo, eu te conheço, e eu estou aqui!”. E eu respondi: “Você me conhece mesmo Pai, pois só o Senhor para saber que podia usar um passarinho pra chamar a minha atenção. O Senhor sabe o que me atrai, o que me conquista, o que me cativa!”. Mais choro. Sua presença era tão terna, doce e palpável que era como se as grandes abas de suas vestes tomassem toda a extensão do quarto. Eu estava num oceano de amor! E a conversa continuou… foram trocas de amores, lágrimas e palavras até depois das 4:00, e o passarinho persistiu fazendo a trilha sonora deste encontro. Era um canto que alcançava minhas entranhas, como se cada vibração sonora do seu pio fosse o próprio Espírito Santo se movendo dentro de mim. Papai estava lá. E nada mais importava.

Em nossa caminhada com Deus somos sempre cercados com encontros de amores. Ele é nosso amante, e ama nos surpreender! À medida que caminhamos com Ele e prosseguimos em conhecê-Lo, ficamos cada vez mais sensíveis e atentos aos Seus cortejos, às palavras e ministrações que nos cativa, nos cura, nos transforma, nos posiciona em lugares que jamais imaginaríamos estar.
A intimidade com Deus é o fator mais decisivo na vida de um ser humano. Apesar do mundo constantemente gritar seu discurso de que é preciso tantas coisas para sermos completos, que o sucesso está atrelado à aprovação das pessoas, ao que fazemos ou conquistamos nesta terra, o Autor da Vida diz que apenas uma coisa é realmente necessária, e essa “coisa necessária” tem mais a ver com aos pés de Quem estamos, nos olhos de Quem estamos olhando, e a voz de Quem estamos ouvindo, do que com a constante ansiedade e esforço de fazer a vida acontecer à nossa maneira.
Quem poderia imaginar que o canto de um passarinho resolveria crises profundas de uma alma abatida no meio da noite?! Isso porque momentos comuns se tornam extraordinários quando Deus está fazendo parte. Ele se relaciona conosco em nossa linguagem. Ele sabe como nos alcançar. Ele fala a nossa linguagem pois Ele nos conhece como ninguém. Como é bom saber que somos completamente conhecidos por Ele!
E nessa caminhada, descobrimos que estar Nele, e Ele em nós, é o que basta. Todo o resto é dependente dessa única decisão: andar perto de Deus. Se eu moldo toda a minha vida para um constante encontro com Ele, então terei a luz suficiente pra saber que caminho eu devo seguir. Na jornada da vida, o mais importante não é chegar na “Terra Prometida”, mas sim experimentar a presença de Deus em cada momento dela.
Construa Sua história com Deus. Ande com Ele. Papai sabe como te cativar e te amar. Entregue-se e deleite-se, pois não há lugar melhor em todo o Universo do que habitar e andar na presença de Deus. Tenha lindos e profundos encontros que moldará toda a sua vida e preencherá de sentido a sua existência. Descanse e alegre-se, e seja surpreendido(a) nos encontros de amor com o Deus de toda a terra te vê e te conhece!

Suelen Migowski

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Escolha a Alegria


"Tremem os habitantes das terras distantes diante das tuas maravilhas; do nascente ao poente despertas canções de alegria. Cuidas da terra e a regas; fartamente a enriqueces. Os riachos de Deus transbordam para que nunca falte o trigo, pois assim ordenaste. Encharcas os seus sulcos e aplainas os seus torrões; tu a amoleces com chuvas e abençoas as suas colheitas. Coroas o ano com a tua bondade, e por onde passas emana fartura; fartura vertem as pastagens do deserto, e as colinas se vestem de alegria. Os campos se revestem de rebanhos e os vales se cobrem de trigo; eles exultam e cantam de alegria!" (Salmo 65.8-13)

Quanta verdade sobre o caráter alegre a abundante do nosso Deus em apenas seis versículos!
Hoje mais do que nunca acredito que se eu torcesse a bíblia como um pano molhado, iria jorrar ALEGRIA. Ela está maravilhosamente repleta deste som! É a vestimenta que Ele definiu para toda a criação... Tem noção?!
Por muito tempo fui tão aprisionada na religiosidade que eu simplesmente não enxergava o caráter alegre de Deus, e o quanto Ele também queria me vestir com essa alegria. Posso dizer que a religiosidade é um dos maiores ladrões da alegria, pois costuma focar no que falta, no que você ainda não tem, no que você ainda não é. Mas a alegria do nosso Deus está totalmente associada à abundância e bondade do SEU Reino. Seu relacionamento conosco é cheio de risos, prazer e deleite. Não é a toa que Ele deixou registrado em Sofonias o quanto Ele se alegra sobre nós com BRADOS DE ALEGRIA!!! Wow.... Vc pode imaginar o Deus do Universo gritando de tanta alegria por causa de VOCÊ? É exatamente o que Ele sente e expressa todos os dias a teu respeito!
A alegria do Senhor é a nossa força porque ela realmente tem o poder de nos sustentar no dia mal.
Faça um teste: Em algum momento do seu dia em que você for levado a se entristecer por algum pensamento, fala de pessoas ou circunstância de escassez, lembre-se e contemple a face de Jesus. Ele não está de cara fechada, não está bravo, não está triste, não está indiferente... Ele está sorrindo! E mais, está bradando e gargalhando de alegria! Te amando com imenso deleite!
Seja transformado e sustentado pela alegria do Senhor nesse dia, pois essa é a uma das principais características do Seu Reino.

Suelen Migowski

terça-feira, 26 de abril de 2016

"Marcas de Amor" - História por detrás das canções (2/3)

A música "Marcas de Amor" foi uma das composições mais marcantes pra mim! Eu estava passando por circunstâncias um tanto desanimadoras, que pareciam não ter fim ou esperança de melhorar. Eram situações e realidades ao meu redor e dentro de mim que estavam machucando meu coração, doendo de verdade. E então, numa daquelas orações bem espontâneas e rápidas do dia, das quais você nem espera muito uma resposta, como um desabafo eu declarei: "Senhor, por que a vida tem que ser tão dura assim? Por que a gente precisa passar por tanto sofrimento e dor?". E então, surpreendi-me com Sua voz doce, mansa e amorosa me respondendo na mesma hora: "Filha, as marcas de amor que eu deixei em você são bem mais profundas do que qualquer marca de dor que a vida possa tentar lançar sobre você!". Chorei e entendi! E novamente falei: "Pai, por favor, dá-me uma canção sobre isso, pra que se torne um memorial ao meu coração sobre o que o Senhor acabou de me ensinar!". E então, dias depois, no secreto do quarto a música veio... Tão simples e natural como o sopro de um vento! Foi uma daquelas canções que vem de uma vez, e está pronta em menos de 5 minutos. Foi assim o nascimento desse precioso memorial!
Segue abaixo o link da música completa. E guarde isso: mesmo que o sol não surja de manhã, saiba em Quem você pode se apegar! Jesus é aquele que troca a voz de pranto em linda canção. As Suas marcas de amor em nós são mais profundas do que tudo nesta vida!!! :-)


sexta-feira, 25 de março de 2016

"Esperança Maior" - História por detrás das canções (1/3)

A música "Esperança Maior" nasceu em solo africano, quando eu estava vivenciando um prático missionário de 10 meses em Guiné-Bissau, em 2010. Foi o ano mais surpreendente e feliz da minha vida até então! Apesar de nunca ter me imaginado morando na África, a graça do Pai foi tamanha que simplesmente inclinou tudo dentro de mim para amar aquele povo e lugar de maneira intensa e rápida como jamais imaginei ser possível, a ponto de nem querer mais voltar para o Brasil. Senti-me parte daquele lugar logo que desci do avião, e a adaptação a tudo foi muito rápida: cultura, ambientes, costumes, comidas, temperatura climática, paisagens, dialeto... Foi graça sobre graça do Céu!

Lá na Casa Rosa (como chamávamos carinhosamente nossa casa), onde morei com minha equipe de 5 moças, tínhamos o costume diário de nos juntar no chão da sala com o violão, à luz de velas, e apenas adorar... Adorar... Adorar! Sentíamos Jesus caminhando entre nós. Foram momentos realmente sobrenaturais e renovadores na presença e no amor do Pai. Muitas canções espontâneas brotaram nesses ambientes que nos marcaram pra sempre.

Mas essa, "Esperança Maior", veio nos meus últimos dias de África, qdo estava perto de retornar ao Brasil. Era um misto de sentimentos dentro de mim: saudade da família, Igreja e amigos misturado com a dor de deixar aquele lugar e povo que tanto amei. Na época, minha família estava passando por uma situação difícil com meu pai enfermo e acamado, e eu, lá longe em outro continente, ficava pensando com ansiedade e temor sobre o que eu encontraria ao voltar pra casa. O que eu deveria esperar? Sentia que um deserto estava à minha espera no Brasil... Um deserto que não vivi na África, apesar das privações e limitações dessa terra. Foi então que, numa tarde gostosa, ao por do sol africano que tanto amava contemplar, sentada sozinha no quintal da Casa Rosa com meu violão, comecei a refletir sobre o que realmente esperava por mim no coração do Pai... Algo que fosse acima das circunstâncias Africanas ou Brasileiras, acima do deserto que minha família estava passando, acima de qualquer situação que poderia me sobrevir... Sim! Existia uma esperança maior! Maior que tudo o que eu pudesse viver ou passar nesse mundo... Uma esperança que aponta para a eternidade, e que não é passageira! Essa esperança maior é o que ministra sobre mim a paz que excede o entendimento, pois não depende de nada externo, mas de Quem habita em mim e Quem anda comigo! Sim... Essa é a minha Esperança Maior, que sobrepuja meus passos nessa terra: "Para sempre com Cristo andarei, e por toda a eternidade habitarei na terna presença do Pai!". É por isso que tenho paz em meu viver... Eu sei exatamente o que espera por mim!!! \0/
E foi daí que nasceu essa canção.

Quase três anos depois, no domingo de Páscoa de 2013, meu pai veio a falecer... E tive a honra de cantar essa canção em seu velório. Com Jesus, até o deserto Ele faz florescer! ;-)

#EsperançaMaior #LivroAHonraDoRosa

Confira o clipe completo da música: http://youtu.be/z7YhmaCXv0c


domingo, 17 de janeiro de 2016

Chave 6.6 - A Verdadeira Recompensa


Existe um versículo que posso dizer ser a passagem da minha vida. É óbvio que todos os ensinamentos que o Pai nos deixou em Sua Palavra nos moldam, nos transformam, nos libertam, nos ensinam a ser quem realmente fomos criados para ser Nele desde a fundação do mundo, quando ainda não existia a contaminação do pecado. Mas há um versículo em especial que me persegue de maneira positiva desde pequena, que me encanta, que sempre despertou minha sede e busca de ir mais além, mais fundo, mais íntimo em conhecer Seus segredos. E esse versículo, chamo em minha vida de "Chave 6.6", uma chave que é capaz de abrir portas de valor imensurável, portas que nos levam a recompensas que nada neste mundo pode se comparar. Esse versículo se encontra em Mateus 6.6:

“Mas, quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está em secreto. Então seu Pai, que vê em secreto, o recompensará.”

Jesus foi muito bondoso em nos revelar tamanho segredo. Quando olho para a minha vida desde anos atrás, percebo o quanto fez toda a diferença em minha história ter descoberto essa chave quando ainda era uma pré-adolescente. 

Apesar de ter nascido num lar cristão, tive minha experiência pessoal com Jesus com cerca de 9 anos de idade. Eu estava sozinha no quarto, lendo um pequeno e velho livro que me conduziu à presença mais maravilhosa que eu poderia conhecer! Foi a primeira vez que senti a realidade do que é estar em secreto com Ele, e encontrar recompensas imensuráveis como consequência desses "encontros secretos" a partir de então. Sim, o lugar secreto se tornou uma rotina pra mim. Eu queria ter aquilo com Ele todos os dias... Sentia que havia encontrado um tesouro valioso demais que nunca o mundo soube me ensinar onde encontrar. Eram momentos que me preenchiam de verdade, me curavam, me faziam me sentir verdadeiramente livre e amada. Eu estava aprendendo sobre minha verdadeira identidade Nele, estava recebendo a recompensa que só se encontra no Lugar Secreto.

Sinceramente, eu poderia escrever milhares de posts compartilhando histórias, experiências, princípios e verdades que aprendi no secreto do quarto, nos encontros a sós com Ele. Mas neste momento, quero me deter a uma só coisa: Recompensa.

O mundo é verdadeiramente um lugar cheio de promessas de recompensas. E quantas vezes nos enganamos com esses brilhos, na busca incansável de preencher o vazio e carências mais profundas do nosso ser?! Eu mesma posso confessar quantas vezes em minha vida fui tentada a buscar essas recompensas, julgando ser o que eu realmente precisava e queria. Mas em todas as vezes acabei do mesmo jeito que todos acabam: frustrada, decepcionada, ferida e ainda mais vazia. É exatamente assim que as recompensas do mundo nos tratam! Não são sustentáveis, não são capazes de suprir... São recompensas extremamente limitadas, frágeis e passageiras, que ao invés de trazer felicidade, como prometem, só trazem dor e sofrimento.

No entanto, estamos falando aqui de uma recompensa efetiva e duradoura que só se encontra por meio da Chave 6.6, o grande segredo que Jesus nos deu a benção de revelar. Existe uma vida cheia de propósito, contentamento, cura, leveza, amor, aceitação, segurança, equilíbrio, coragem, satisfação que nos espera... É a recompensa que recebemos do Pai ao frequentarmos o lugar secreto.

Mas por que o lugar secreto tem esse poder? A questão não é o local físico em si. Tenho certeza que quando Jesus falou para "entrar no quarto e fechar a porta" Ele não estava excluindo outros locais, mas sim dando ênfase no simples fato de estar a sós com o Pai, onde só Ele vai estar te vendo. Isso pode acontecer na sala, no banheiro, no quintal, na montanha ou num belo jardim. Enfim, que seja um lugar tranquilo e reservado, onde você possa ter privacidade para um encontro à dois.

O que Jesus estava nos ensinando era sobre intimidade. Entendemos como algo íntimo aquilo que poucos ou nenhuma outra pessoa toma conhecimento. Não é a toa que o quarto de uma casa é onde acontece as vivências mais íntimas de um casal, por exemplo. E essa intimidade não é exposta pra todo mundo, mas reservada com carinho apenas para aquele(a) a quem você mais ama e tem um compromisso, uma aliança. 

“Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças.” (Marcos 12:30).

Nosso Deus é um Deus de aliança, compromisso e intimidade. Ele anseia revelar os segredos do Seu coração. Porém, isso é um privilégio apenas dos íntimos, daqueles que buscam a Sua face com amor e de todo o coração.

O lugar secreto é este ambiente onde a inteireza e sinceridade do nosso coração é validada, pois não há nenhum outro olhar sobre nós, não há nenhuma possibilidade de elogios e reconhecimentos humanos, não há espaço para qualquer tipo de recompensa mundana. Só há Ele... Seu olhar... Sua presença... Sua voz. É isso basta. Óh, como basta! E é neste momento, quando as intenções mais profundas do nosso ser estão expostas diante Dele, é que encontramos a recompensa mais valiosa do mundo, e finalmente entendemos o que realmente importa na vida. Sua própria presença é essa recompensa! E os frutos dessa intimidade buscada, vivida e gerada no lugar secreto nos conduz a uma nova vida, um novo andar, uma nova visão, um novo e aguçado senso de propósito que nos capacita a ser exatamente tudo o que Ele nos criou pra ser.

Quanto antes você descobrir essa poderosa chave, mais rápido encontrará e viverá a verdadeira recompensa!
Jesus, no mesmo capítulo em que nos ensinou sobre a recompensa do lugar secreto, também nos alertou: "Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração." (Mt 6.21). Faça do lugar secreto com o Pai uma prioridade da sua vida, o tesouro mais valioso que você possui, e assim, seu coração estará sempre seguro e protegido no lugar certo.

“Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida.” (Provérbios 4:23)

Jamais negligencie o estar a sós com o Pai, pois disso depende toda a sua vida. Receba e desfrute da verdadeira recompensa que só se encontra no LUGAR SECRETO!

Suelen Migowski

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Quando Deus diz "NÃO"

"Aba, Pai, tudo te é possível. Afasta de mim este cálice; contudo, não seja o que eu quero, mas sim o que tu queres." (Mc 14.36)



Essa foi uma oração de Jesus em que Deus respondeu "não".
Qual é a minha reação quando Deus responde "não" à uma oração, à expressão de um desejo do meu coração que coloco em intercessão?

Algumas pessoas, num momento como esse, ficaria com raiva ou mágoa de Deus, duvidaria de Seu amor ou até mesmo seria capaz de abandonar completamente a fé, passando a viver como se Deus não existisse, pois não respondeu à sua oração do jeito que esperava ou queria.

Quando olhamos para a relação de Jesus com o Pai, e a maneira como Ele se expressou em clamor naquele jardim, vemos que a verdade é que Jesus já estava submisso à vontade do Pai antes mesmo de saber qual seria Sua resposta. Jesus tinha e sentia a segurança de ser Filho, que podia se expressar livremente ao Pai, fazendo um pedido de seu coração, uma vontade de sua alma tão intensa que seu suor chegou a ser como sangue. Jesus também tinha a certeza de que o Pai era completamente capaz de atendê-lo no que estava pedindo, que tinha poder para mover céus e terra em prol de Seu filho amado. No entanto, nesta hora mais crítica da vida de Jesus, o Pai respondeu "não".

O que Jesus fez com isso? Se revoltou? Se apavorou? Perdeu a confiança no Pai? Duvidou de Seu amor? Não... Ele já estava submisso e encarou a Cruz. Jesus bebeu do cálice que havia pedido ao Pai pra não beber. Ele obedeceu, submeteu sua própria vontade à vontade do Pai. E até mesmo quando se sentiu desamparado quando estava na cruz, ele não parou de se entregar, de se render, de colocar sua vida e todo o seu destino nas mãos Daquele que era digno.
Isso tudo foi possível porque Jesus confiava no Pai o suficiente para obedece-Lo sob quaisquer circunstâncias. Jesus conhecia o caráter e coração do Pai e, por isso, foi capaz de ouvir um NÃO sem se abalar, e ter coragem para seguir o caminho que o levaria à Cruz.

Na jornada da vida, a nossa confiança no Pai sempre será posta à prova. Nas encruzilhadas dos "jardins do Getsêmani", poderemos escutar alguns "nãos". Mas se conhecermos o caráter do Pai, se confiarmos no Seu amor e na verdade de que Sua vontade é sempre boa, perfeita e agradável, seremos capazes de passar vitoriosamente por qualquer cruz. Será sim uma experiência de morte do "Eu", renúncia de minha vontade e entrega total, mas a experiência de cruz nunca termina na morte, e sim na ressurreição.

Qualquer "não" que Deus possa te responder, acredite: Os "nãos" de Deus, assim como os "sims", sempre são para gerar vida! Por isso, jamais tenha medo de submeter suas vontades e planos nas mãos do Pai, pois Ele sabe o que não sabemos, e conhece o que não conhecemos. Seus pensamentos são bem mais elevados do que os nossos. Descanse: o Pai jamais te levará onde Ele não está!

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Mais intimidade!


Eis que chega o último dia do ano e estou aqui, numa linda tarde de céu aberto e vento fresco tocando o meu rosto, refletindo em tudo o que passei, fiz e vivi nos últimos 12 meses.
Papai está aqui também... Interagindo comigo nessa reflexão e me ensinando verdades preciosíssimas que alinham o meu coração ao Dele. Sim... Quero entrar em 2016 preparada! E não digo em relação a simples pensamentos positivos, força de vontade ou atitudes vazias que exigem muito esforço, mas que mudam muito pouco ou apenas o externo de mim. Não! O meu desejo é por algo mais profundo, algo muito interno, uma mudança que mexa com as estruturas do meu ser, um toque nas entranhas do meu coração, uma transformação de mentalidade que influencie minha cosmovisão... Quero intimidade com o Altíssimo! Quero conhecer Jesus, tudo o que Ele é, sente, fala e age... Intimamente! Quero ser Sua melhor amiga, aquela pra quem Ele pode confiar os segredos mais ocultos, revelar o Seu coração como um noivo revela para a sua noiva... Sim! Quero mais intimidade com o meu Amado em 2016!
Junto com minha Igreja estou debaixo de uma palavra profética de que este será um ano de muito crescimento... Ah, como eu quero isso! Quero sim crescimento intelectual, ministerial, relacional, familiar, financeiro... Mas o maior e principal crescimento que anseio, e já decidi como minha prioridade, é o crescimento da minha intimidade com Deus. Sei que busco e falo isso pra Ele desde pequena... Mas também sei que Ele é infinito é ilimitado... Há muito ainda pra conhecê-Lo! Estou só na ponta desse gigantesco iceberg... Quero ir para as profundezas!!!

"Clame a mim e eu responderei, e te mostrarei coisas insondáveis e ocultas que ainda não conheces!" (Jr 33.3)

Sim, Pai... Estou pronta pra clamar e conhecer mais de Ti em 2016!
Amo Sua presença mais que tudo nessa vida! \0/