quinta-feira, 25 de maio de 2017

Os Movimentos do Céu

Quando eu era adolescente e estava dando meus primeiros passos de busca por intimidade com Jesus, eu costumava ficar muito aflita por querer sentir a presença de Deus o tempo todo e ter a certeza de que Ele estava comigo. Isso me angustiava, pois nem sempre eu sentia, e ficava constantemente O procurando, como se Ele fosse muito difícil de ser achado. Quando eu O via de maneira bem clara, ou tinha experiências fortes num fim de semana de acampamento, por exemplo, eu me esforçava para manter tudo aquilo depois, para continuar sentindo e O vendo na mesma intensidade. Mas era sempre a mesma coisa… Depois de poucos dias, aquela experiência de “Nárnia” já não era um sentimento tão presente. Tudo ficava um tanto comum e corriqueiro outra vez, e isso me deixava contrariada. Naquela época eu não entendia, mas enquanto o tempo foi passando e minha caminhada com Deus foi amadurecendo, fui aprendendo a percebê-Lo e senti-Lo de maneiras diferentes. Fui descobrindo que, na verdade, Ele estava comigo o tempo todo sim, e que meus sentimentos (ou a falta deles) não definiam a intensidade da Presença que estava comigo. Minha fé foi sendo cada vez mais forjada e fortalecida, para vê-Lo além dos meus sentimentos e percepções meramente humanas. E isso foi um dos romperes mais importantes na minha vida e que resultou em muita alegria e liberdade ao meu coração!

Estou compartilhando tudo isso pra dizer que, muitas vezes, temos a tendência de só reconhecer um movimento do céu baseado no que podemos sentir, ver ou perceber com nossos sentidos naturais. No entanto, eles estão muito além disso! Os movimentos celestiais são constantes, intensos e lindos 24h por dia e 7 dias por semana. E sim, é possível termos a convicção desses movimentos divinos o tempo todo, mesmo que não entendamos todos eles. Você já notou os movimentos do céu enquanto lava uma louça? Notou os movimentos do céu enquanto você acordou hoje pela manhã? Já notou o céu se movendo enquanto cozinha, trabalha, descansa, toma banho, assiste TV, dirige, lê um bom livro, brinca com seus filhos, beija o seu marido, abraça uma amiga, passeia no shopping ou compra uma roupa nova? Ou você acha que o céu só se movimenta quando você está num culto, retiro, jejuando ou ajoelhada na casa de oração? Não! Os movimentos do céu são constantes e te acompanham por onde for! Isso é maravilhoso e consolador demais, não acha?!

O céu está se movendo a seu favor, e Ele não depende de você para isso. Quando você estava no ventre da sua mãe, você não tinha controle algum sobre a sua formação. No entanto, foram os movimentos divinos que te formaram em segurança, quando ninguém nem mesmo podia te ver ali, um ser tão frágil e pequeno. Por que então você não creria que os movimentos do céu te protegem, te conduzem e te cercam até hoje e o tempo todo? Não importa o que você sinta ou perceba em seus sentidos naturais, nada vai mudar o fato de que você é totalmente cercada e dependente desses movimentos, e que Ele tem prazer de se mover em sua vida! Pois como Ele mesmo disse, os pensamentos que têm sobre nós são de paz, e não de mal, para nos dar o futuro que desejamos.
Assim como não podemos escapar do calor do sol, não podemos escapar dos movimentos divinos a nosso favor! 😀👏🙌


“Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos. Um dia fala disso a outro dia; uma noite o revela a outra noite. Sem discurso nem palavras, não se ouve a sua voz. Mas a sua voz ressoa por toda a terra, e as suas palavras, até os confins do mundo. Nos céus ele armou uma tenda para o sol, que é como um noivo que sai de seu aposento, e se lança em sua carreira com a alegria de um herói. Sai de uma extremidade dos céus e faz o seu trajeto até a outra; nada escapa ao seu calor.” (Salmo 19:1-6)



Nenhum comentário: